Contact Information

Theodore Lowe, Ap #867-859
Sit Rd, Azusa New York

We Are Available 24/ 7. Call Now.

O tema Ciência de Dados jurídicos ainda é relativamente novo. Pensando nisso, resolvemos tratar desse assunto, a fim de trazer o conceito e demonstrar como ele se aplica no dia a dia dos advogados e também dos departamentos jurídicos.

Primeiramente, vamos a definição do que é Data Science, ou seja, a Ciência de Dados. Ela refere-se a todo o universo de técnicas utilizadas para extrair informações e inteligência a partir de dados.

As técnicas compreendem desde sistemas de gerenciamento de informações, construção de modelos de busca até previsões e análise de dados.

O que é a Ciência de Dados?

É muito comum confundirmos a Ciência de Dados com o Business Intelligence (BI) e mineração de dados.

Na verdade, Ciência de Dados é uma matéria ampla e que em algumas situações engloba outras.

 

Certo, mas por que isso importa no meio jurídico?

Como sabemos, estamos vivendo da era da informação, todos os dias são milhares de dados gerados a partir de nossas conexões e interações com a Internet.

comparativo

No meio jurídico não é diferente. Após a lei do processo eletrônico, estima-se que 95% dos processos atuais são distribuídos em sistemas digitais. O que “facilita” o acesso à informação.

Observe que colocamos o termo entre aspas, pois, hoje temos a possibilidade, por meio de sistemas de aquisição de informações, de acessar esses processos de maneira automatizada. Porém, isso passa longe de ser uma tarefa fácil, por diversos fatores.

Apesar de já termos discutido sobre estatística, Inteligência Artificial e análise de tendência no passado, esses assuntos tomaram uma proporção maior hoje em dia devido a dois fatores:

  1. Processo eletrônico
  2. Capacidade computacional

Como aplicar a Ciência de Dados?

A junção desses dois fatores tem proporcionado uma evolução muito rápida nessa matéria no setor jurídico. Afinal, devido a eles, é possível analisarmos um volume muito grande de informações.

Um exemplo prático da Ciência de Dados aplicada na prática é o uso da previsibilidade na decisão. Processos trabalhistas, por exemplo, têm tempo médio de 338 dias no Rio e 449, em São Paulo.

Além disso, com a ferramenta certa, é possível comparar entendimentos de juízes sobre o tema. Confira mais informações sobre esse assunto, nesta matéria do Jornal Extra.

Data Lawyer Insights

Com foco nos processos trabalhistas, oferecemos um portal automatizado, utilizando recursos modernos de Inteligência Artificial e coleta de dados dos Tribunais da Justiça Trabalhista para gerar ideias: o Data Lawyer Insights.

Foi através dele que chegamos às informações citadas no Jornal Extra. Sem entrar em muitos detalhes, de uma maneira bem genérica, como fizemos esse trabalho de Ciência de Dados:

1. Aquisição de informações: por meio de códigos de acesso, acessamos os sistemas dos tribunais trabalhistas e fizemos a aquisição dos processos trabalhistas com o assunto hora extra.

2. Por meio de recursos de Inteligência Artificial, estruturamos melhor essa base com a capacidade de extrair valores de condenação, custas e acordo

3. Após a estruturação dessa base, extraímos somente os processos que estavam sendo discutidos o assunto referente a WhatsApp

4. Geramos análises visuais interativas dentro de nosso Business Intelligence (BI).

Empresas e escritórios já estão investindo em seus colaboradores para conhecimento em áreas como a Ciência de Dados.

Assuntos como este deve estar presente cada vez mais no dia a dia jurídico.

Importante ressaltar que isso faz parte de uma mudança cultural na maneira de olhar o direito e que vai exigir cada vez mais novas habilidades de advogados.

Por exemplo, você seria capaz de analisar e propor algum tipo de melhoria em uma empresa após as análises das informações de hora extra devido ao uso de WhatsApp?

Como a melhoria na fundamentação dos contratos de trabalho? Política de utilização? Se não, busque conhecimento e foque no aspecto consultivo, evitando que a empresa tenha gastos com esses litígios.

Espero que tenha gostado, em breve, trarei outros artigos, com ainda mais cases e informações.

Quer saber mais sobre como o Data Lawyer Insights pode ajudar? Vamos bater um papo.

Clique aqui para falar conosco

 

 

Faça um teste grátis

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *