Contact Information

Theodore Lowe, Ap #867-859
Sit Rd, Azusa New York

We Are Available 24/ 7. Call Now.

Você se considera alfabetizado em dados? Segundo pesquisa da Gartner, o uso estratégico da Ciência de Dados, Business Intelligence e Analytics representa um elemento fundamental para a competitividade de uma organização e, na maioria dos casos, sua própria sobrevivência.

Para quem não sabe, a pessoa alfabetizada em dados é alguém capaz de ler, entender, criar e transformar informações em insumos para o negócio. 

Mas por onde começar a implantar a Ciência de Dados?

Lidamos hoje, mesmo em meio à grande evolução da tecnologia, com a formalidade e o conservadorismo do judiciário. Na maioria das vezes, esse mercado se mostra resistente às mudanças e avanços, o que pode ser percebido nas pessoas que o compõe. 

De acordo com estudos da Qlik, apenas 24% dos tomadores de decisão de negócios se qualificam como alfabetizados em dados.

Portanto, é de extrema importância a capacidade de analisá-los de forma que seja extraído seu potencial máximo. Afinal, o maior valor não está nos dados em si, mas na capacidade de interpretá-los de maneira analítica.

Direito x Tecnologia 

No mundo jurídico, não seria diferente, pois essa relação direito-tecnologia se faz cada vez mais necessária.

Assim como a Ciência de Dados, o Direito é interdisciplinar e trabalha em conjunto com diversas áreas como economia, estatística e administração, por exemplo. 

Portanto, o uso aplicado dos dados pode contribuir de forma a aumentar a produtividade,  otimizar as tarefas operacionais, além, é claro, de ajudar na organização. 

Como colocar a Ciência de Dados em prática? 

Diante do cenário apresentado, a análise de dados se faz uma grande aliada do profissional jurídico através de sistemas de Legal Analytics (BI)

É por isso que ela permite uma visão aprofundada do processo, mapeando tendências no comportamento da Justiça, o que seria extremamente complexo para um departamento jurídico, por exemplo. 

Já que uma visualização completa e clara dos processos só seria possível por meio de ERPs ou planilhas.

Dados como estratégia competitiva 

De acordo com a Data and Analytics Survey, desenvolvida pela PwC, apenas 39% das empresas são altamente guiadas por dados. Estas, é claro, têm grande vantagem competitiva e tendem a tomar decisões com mais assertividade.

Mas como fazer isso? Sistemas de Legal Analytics têm como função analisar o conjunto de dados, de maneira a apontar assertivamente os melhores insights. 

Com um software de jurimetria é possível mapear o perfil comportamental de juízes e advogados, tendências de decisões, análise de concorrentes, tudo baseado em dados extraídos dos processos.

O Data Lawyer Insights, por exemplo, consegue fornecer ao profissional uma série de informações concisas e confiáveis em tempo real sobre operações atuais, tendências e mudanças, o que seria impossível em um sistema interno tradicional ou de forma manual. 

Como utilizar essas informações e aplicar a Ciência de Dados? O momento é crucial para entender a direção que o mundo jurídico está seguindo e aproveitar para sair na frente, contando com técnicas inovadoras que geram resultados reais.

Quer saber mais sobre como o Data Lawyer Insights pode ajudar? Vamos bater um papo.

Clique aqui para falar conosco

 

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *